A poesia maldita de um tempo decadente
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Meu Diário
01/10/2016 19h51
Arys Gaiovani

"Eu sou emerso dos precipícios eternos, irmão das tempestades, olhos chamejantes, sou um visionário das estrelas cintilantes. Meu refúgio está em um elevado rochedo, na mais alta das montanhas distantes os picos beijando as nuvens sem medo, lá tenho guarida, meu vulto se enfurna, protegido em meio à escuridão noturna."


Publicou neste site:

  1. Depois da noite amaldiçoada (áudio)
  2. Depois da noite amaldiçoada (texto)
  3. Sonhos em meio ao fogo (texto)
  4. Espectros Obsessos (texto)
  5. Espectros obsessos (áudio)

Publicado por Soturnos em 01/10/2016 às 19h51
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Antologia SOTURNOS - Vol. 2 R$45,00
Antologia SOTURNOS - Vol. 1 R$35,00