A poesia maldita de um tempo decadente
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Meu Diário
20/03/2017 08h32
Lana Insana

Lana nasceu em março de 1985, no Rio de Janeiro, vivendo a maior parte de sua infância e juventude numa cidadezinha chamada Lumiar, no meio das montanhas da Região dos Lagos - RJ. Atualmente trabalha na produção de seu primeiro livro de poesia. Seus textos são de uma profundidade caótica e perturbadora. Louca por natureza, já foi internada cinco vezes em centros de tratamento psiquiátrico, quando ainda era jovem e seus pais não souberam lidar com sua "estranheza". Personagem de si mesma, Lana (como prefere ser chamada, sem sobrenome que a faça lembrar que "teve" uma família), resolveu largar as sessões com seu psiquiatra, jogou fora todos os remédios, pintou de vermelho seu longo cabelo loiro e foi morar sozinha numa casa em frente à praia, escrevendo sua poesia e, de vez em quando, indo a shows bem loucos de heavy metal ("por que ninguém é de ferro!").


Publicou neste site:

  1. Molhada de Amor ou Manchada de Ódio (texto)
  2. Obcecada por quem morreu (texto)

 


Publicado por Soturnos em 20/03/2017 às 08h32
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Antologia SOTURNOS - Vol. 2 R$45,00
Antologia SOTURNOS - Vol. 1 R$35,00