Genonadio

"Comecei a enveredar pelo mundo das narrativas quando eu tinha 13 anos. Isso depois de já ter lido muitos livros de horror, mistérios, realismo fantástico, temas que sempre me impressionaram desde a mais tenra idade. Meus primeiros textos eram muito rudimentares, tinham potencial, mas eram rudimentares. Eram carentes de técnica, de uma estrutura narrativa mais eficiente, isso sem falar no meu arsenal vocabular, que não era lá tão amplo assim. O tempo foi passando e, através de muita prática, fui evoluindo cada vez mais, até conseguir produzir textos com maior qualidade e com um potencial mínimo para serem publicados. Sou um escritor? Talvez. Um contador de histórias? Com certeza. E por que histórias de horror? Simplesmente porque acho fascinante explorar tudo aquilo que faz surgir o medo. O medo que, assim como a felicidade e o prazer, nos faz sentir vivos., que potencializa o nosso extinto de sobrevivência, de tal forma que nos impele a praticar as mais incríveis e sobrenaturais ações, capazes de causar pasmo até em nós mesmos. E isso para que possamos manter intacta a maior dádiva que possuímos: a vida.  Portanto, o que seria do ser humano, o que seria da perpetuação de nossa espécie se não fosse o medo. O sublime medo."

Livros relacionados ao autor:

Ainda em processo de publicação.

Posts relacionados ao autor:

  • WhatsApp Soturnos
  • Twitter Soturnos
  • Youtube Soturnos
  • Instagram Soturnos
Logotipo Soturna Sintonia Preto.png