karin poetiza

Os santos são surdos e os deuses foram embora.

"Nasci em Porto Alegre, RS, em 1969; admiro o hiperfísico desde então e a ciência que o desmistifica. Estudei história, graduei-me em biblioteconomia e me especializei em educação patrimonial. Sou casada, tenho um filho, um neto, três gatas e um gato. Amo bichos, árvores, riachos... e, apesar de difícil, a humanidade. Aprecio arte e música, principalmente quando macabras. O sarcasmo me impede de matar o próximo e, a escrita (e a fluoxetina), de me matar... Escrevo prosa e poesia fantástica (focada na mitologia sobrenatural, gótica e contemporânea), social e intimista. Recebi alguns prêmios, menções honrosas e elogios ($, nenhum... :D). Caso ganhasse na 'mega-sena' ou herdasse uma fortuna de um parente desconhecido após pernoitar em uma mansão assombrada, saberia em que gastar cada centavo! Poetizar é pensar!"

Livros relacionados à autora:

EM DESTAQUE:

Necrófila Tocata

12/4/2019

1/2
Please reload

Posts relacionados à autora:

7-May-2019

1 - Um produto ao gosto dos leitores, com edição primorosa feita pela editora Círculo Soturnos;

2 - Qualidade poética para leitores exigentes, que admiram versos magníficos e envolventes, escritos por uma poetiza experiente e talentosa;

3 - Feito para leitores que desejam mais que um livro de terror: uma obra que retrata a alma de pensamentos contemporâneos sobre a decadência;

4 - Para colecionadores de objetos macabros e maldito...

12-Apr-2019

Narração: Sr. Arcano.

 O violoncelo fatigante

O contrabaixo trucidante

A harpa repugnante

A profana melodia

Sonoriza a necrodulia

É uma tríade abominável

O conjunto deplorável

O violoncelo lacrimejante

O contrabaixo lamuriante

A harpa meluriante

Miríade de notas infernais

Composição de acordes espectrais

A tríade decrépita prossegue o recital

E estruge entre as lápides o som bestial

O violoncelo praguejante

O contrabaixo caluniante

A harpa voc...

14-Feb-2019

 A Editora Círculo Soturnos deu permissão à autora karin poetiza para abrir sua porta maldita em nosso espaço soturno!

O seu livro HÁ UM DEMÔNIO ATRÁS DA PORTA será lançado dia 24 de Março de 2019 - data em que teremos a partir das 18h uma edição especial do programa Hora Soturna em nossa webradio, dedicado ao livro da escritora.

Colaboradora de todos os volumes de nossa antologia anual de poesia maldita, karin poetiza estreia e...

5-Oct-2018

Um livro de poesia deve ser lido mais de uma vez. Entender os versos é só a primeira fase, depois vem o entendimento da essência e somente após muitas leituras, o aprofundamento da alma em seus ritmos e vozes.

É diferente de um romance, em que raramente lemos novamente, por já sabermos a história e por quase nunca nos trazer algo de novo. Já a poesia, ao contrário, sempre traz algo novo em sua leitura, pois a impressão que temo...

9-Jul-2018

karin é autora na Antologia Soturnos, e até a presente data participou de todos os volumes publicados. Autora do livro Há um demônio atrás da porta (poesia gótica).

3-Jun-2018

Guardo aqui,
neste negro coração,
a dor profunda
e a profusa decepção.

Não sorrio mais
e nunca mais cantei.
O silêncio é a única fala
que não abandonei.

Arauto de nada.
Príncipe de ninguém.
Minha vida nada vale?
Não vale um vintém?

Arrasto-me na penumbra,
recolho-me à desilusão.
Filho sem mãe, sem pai.
Menestrel da escuridão.

9-Mar-2018

Como poderei, neste momento,

neste desalento, nesta angústia,

arrancar de mim, de dentro de mim,

o monstro que em mim germinou!

Desenvolveu-se, absorvendo-me,

crescendo em minhas carnes,

infiltrando-se em meus ossos?

Terei eu, fraca, triste e louca,

a força, a coragem, o escrúpulo,

para extirpá-lo, para erradicá-lo,

sem que dele restem, arraigados,

restos, permanecentes pedaços,

em minhas carnes e ossos?

Perambulo de um lado ao outro,

entre...

Please reload

  • WhatsApp Soturnos
  • Twitter Soturnos
  • Youtube Soturnos
  • Instagram Soturnos
Logotipo Soturna Sintonia Preto.png