Marvyn.jpg

Marvyn Castilho

         Refugo alvitre de um lúrido homem, inumado no vetusto e lúbrico olhar da marafona do tempo. Embalde, o aedo deita versos para silenciar os malogros que a existência abisma em seu íntimo. Sua poética é embebida em nume de Álvares de Azevedo, Cruz e Sousa e Lima Barreto. Membro da Academia Independente de letras (AIL), em São João – PE / Brasil, Academia de Arte, Ciências e Letras do Brasil (ACILBRAS), em volta Redonda – RJ / Brasil, Academia de Literatura Brasil (ALB), em Guarapari – ES / Brasil, Academia Literária Internacional de Artes, Letras e Ciências "A palavra do século 21", em Cruz Alta - RS / Brasil, Academia de Letras y Artes de Valparaíso - Chile e do Núcleo de Letras e Artes de Buenos Aires - Argentina. No neófito terceiro mês de MMXX, em VII de março, foi adulado com o " Prêmio Cidade São Pedro da Aldeia de Literatura", no município de São Pedro da Aldeia - RJ / Brasil, idealizado pela Literarte (Associação Internacional de Escritores e Artistas.

Livros relacionados ao autor:

Posts relacionados ao autor:

  • WhatsApp Soturnos
  • Twitter Soturnos
  • Youtube Soturnos
  • Instagram Soturnos
Logotipo Soturna Sintonia Preto.png