Blog Soturno

Encontre aqui todas as informações sobre tudo que vem ocorrendo em relação à editora Círculo Soturnos, além de entrevistas, textos dos autores, artigos e matérias sobre nossos lançamentos e eventos.

Buscar

O CLUBE DOS CANIBAIS

Atualizado: Jul 15


Há quem pense que o cinema brasileiro atual é feito só de comédias, muitas das quais protagonizadas por atores globais e celebridades vlogueiras. Pra quem não sabe, o cinema tupiniquim do gênero terror vem produzindo obras cada vez mais pertinentes e de qualidade. Um dos bons exemplos disso é CLUBE DOS CANIBAIS, produção de 2018, dirigido por Guto Parente, um cineasta que vem se destacando nos festivais mundo afora com filmes experimentais muito interessantes. Em CLUBE DOS CANIBAIS o sangue escorre com gosto, sobram vísceras e membros decepados, tudo isso acrescido do elemento sexual, que ajuda a compor a história.

A trama acompanha Otávio (Tavinho Teixeira) e Gilda (Maria Lúcia Rios), um casal da alta sociedade de Fortaleza, proprietário de uma empresa de segurança privada. Os dois tem um hábito bem peculiar: matar e devorar seus funcionários. Como o próprio título do filme indica, Otávio e Gilda não estão sozinhos nesse costume gastronômico. Otávio é membro de um clube formado por ricaços e políticos influentes que também apreciam carne humana. Quando Gilda descobre acidentalmente um segredo de Borges (Pedro Domingues), um poderoso congressista e líder do clube, ela acaba colocando sua vida e a de seu marido em perigo.

A crítica social presente na História de CLUBE DOS CANIBAIS escancara as diferenças sociais e a segregação racial no Brasil, com a elite usando os pobres para chegarem ao poder, e depois “alimentando-se” deles para se manterem lá. A violência, na verdade, não está presente nas cenas de gore do filme, mas na metáfora apresentada, está maquiada pelas convenções do gênero terror. Guto Parente nos apresenta uma sátira aterrorizante, denunciando o cinismo e a hipocrisia da burguesia brasileira com diálogos perversos e cenas violentas. O filme tem bons efeitos especiais. O ritmo é bom, não há perda de tempo com lenga-lenga, a história vai direto ao assunto.

O elenco não é muito conhecido (pelo menos por mim). Algumas atuações não são muito convincentes, soam um tanto quanto artificiais, mas não chegam a comprometer.

CLUBE DOS CANIBAIS é um bom filme porque possui uma história interessante, é bem conduzido e seus personagens execráveis prendem a nossa atenção. Quase todos são pessoas odiosas, membros de uma elite temerosa de perder seus privilégios, de ver a classe baixa se rebelar e não se deixar mais ser explorada e espezinhada.

15 visualizações
  • WhatsApp Soturnos
  • Twitter Soturnos
  • Youtube Soturnos
  • Instagram Soturnos
Logotipo Soturna Sintonia Preto.png