Blog Soturno

Encontre aqui todas as informações sobre tudo que vem ocorrendo em relação à editora Círculo Soturnos, além de entrevistas, textos dos autores, artigos e matérias sobre nossos lançamentos e eventos.

Jon O'Brien - Tabula rasa

O poeta Jon O'Brien recitando seu poema Tabula Rasa, publicado na antologia Soturnos - Vol. 4.

Esse poema tem como inspiração a filosofia de Locke, que acreditava que o ser humano era uma tabula rasa, ou seja, que nascia como uma folha em branco e ia preenchendo-se com o passar do tempo. O poema mostra a realidade de um homem que nasce vazio, mas que aos poucos vai se enchendo de ódio e maldade.

Aos poucos, ele vai se enchendo de sofrimento. E, então, ele morre.



Em seu quarto volume, a Antologia Anual de Poesia Maldita Nacional Contemporânea, denominada SOTURNOS, apresenta seus poetas novos e antigos, numa coletânea impregnada de sombras e melancolia, com sua poética decadente bastante característica: versos que mergulham no apocalipse, nos mundos malditos, ocultos, obscuros. São as trevas dominando o ambiente, a fascinação pela morte e uma arte atraente por suas canções de reflexões noturnas. Um voo profundo nos mistérios tenebrosos, com as asas de uma coruja!


EDITORA: Círculo Soturnos

ANO: 2019

PÁGINAS: 156

ISBN: 978-85-94294-40-1

TIPO: Impresso

ONDE COMPRAR: soturnos.com/loja


Apoio:



Mais qualidade, mais profissionalismo, mais comprometimento com sua obra.

Baixe o edital na página: soturnos.com/editora


Editora Círculo Soturnos

Rumo aos 5 anos de literatura maldita, de terror, horror e mistério.


10 visualizações0 comentário
  • WhatsApp Soturnos
  • Twitter Soturnos
  • Youtube Soturnos
  • Instagram Soturnos
Logotipo Soturna Sintonia Preto.png